contato@expansioncontabilidade.com.br
(11) 4330-1200
(11) 96373-1288

Aprenda Como Voltar para o Simples Nacional Fácil

Se você é um pequeno empresário, certamente já ouviu falar no Simples Nacional. Esse regime tributário tem como objetivo simplificar a vida de micro e pequenas empresas, unificando diversas obrigações fiscais em uma única guia de recolhimento, além de oferecer alíquotas reduzidas de impostos.

No entanto, em alguns casos, a empresa pode acabar sendo excluída do Simples Nacional devido a pendências fiscais ou aumento do faturamento anual acima do limite. Nesses casos, é preciso realizar o processo de retorno ao Simples Nacional.

Mas como voltar para o Simples Nacional? Neste guia, apresentaremos um passo a passo de como realizar essa operação e como a Expansion Contabilidade pode ajudá-lo nesse processo.

Principais Conclusões:

  • O Simples Nacional é um regime tributário que oferece diversas vantagens para micro e pequenas empresas
  • É necessário atender a alguns requisitos para voltar a fazer parte do Simples Nacional
  • Para realizar o retorno ao Simples Nacional, é preciso seguir um procedimento específico
  • Existem prazos e documentos necessários para o processo de retorno ao Simples Nacional
  • Expansion Contabilidade pode auxiliá-lo em todo o processo de retorno ao Simples Nacional, oferecendo suporte especializado e orientação adequada

Quais são as vantagens do Simples Nacional?

Optar pelo Simples Nacional pode trazer diversos benefícios para as empresas. Um dos mais evidentes é a carga tributária reduzida, o que significa uma economia considerável nos pagamentos de impostos. Além disso, o processo de recolhimento dos tributos é simplificado, o que ajuda a reduzir as burocracias e as despesas relacionadas a esse processo.

Outra vantagem é que a opção pelo Simples Nacional permite que as empresas possam competir em igualdade de condições com as grandes corporações. Isso porque, ao reduzir a carga tributária, as empresas têm mais dinheiro disponível para investir em melhorias e expansão dos seus negócios.

Além disso, optar pelo Simples Nacional também pode ajudar as empresas a manter a regularidade fiscal, uma vez que o sistema oferece uma série de facilidades para o pagamento de impostos. Por fim, os empreendedores que escolhem esse regime também têm mais chances de obterem crédito, já que as instituições financeiras reconhecem a opção pelo Simples Nacional como um sinal de boa gestão financeira.

O Simples Nacional em números

VantagensPercentual de empresas que citaram
Carga tributária reduzida68%
Simplificação do processo de recolhimento de tributos49%
Igualdade competitiva com grandes corporações42%
Maior facilidade para manter a regularidade fiscal32%
Acesso a crédito facilitado25%

Requisitos para voltar ao Simples Nacional

Para que sua empresa possa voltar ao Simples Nacional, é importante que a mesma cumpra com alguns requisitos, como:

  • Faturamento: sua empresa deve ter um faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, segundo o atual limite do Simples Nacional;
  • Regularidade fiscal: para que a opção pelo Simples Nacional seja válida, sua empresa não pode ter pendências fiscais ou tributárias em aberto;
  • Natureza da atividade: sua empresa deve exercer atividades que se enquadrem nas permissões do Simples Nacional, de acordo com a Lei Complementar nº 123/2006.

É importante destacar que a opção pelo Simples Nacional é um processo que requer atenção e planejamento. Na Expansion Contabilidade, nossos especialistas podem ajudar sua empresa a se reenquadrar no Simples Nacional de forma rápida e segura.

FALE COM UM ESPECIALISTA AGORA MESMO!

Procedimento para retornar ao Simples Nacional

Se a sua empresa deseja retornar ao Simples Nacional, é necessário seguir um procedimento específico. Nós, da Expansion Contabilidade, podemos ajudá-lo nesse processo.

Em primeiro lugar, é preciso verificar se a empresa atende aos requisitos exigidos pelo Simples Nacional, como ter um faturamento anual dentro do limite estabelecido e estar em situação regular no âmbito fiscal.

Após essa verificação, a empresa deve optar pelo Simples Nacional por meio do Portal do Simples Nacional. É importante respeitar os prazos para solicitação de opção pelo regime, que geralmente ocorrem no mês de janeiro de cada ano, ou em até 180 dias contados do início da atividade.

Durante a opção pelo Simples Nacional, é preciso preencher alguns formulários, como o Documento Básico de Entrada (DBE) e o Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (PGDAS-D), dentre outros.

A empresa também deve regularizar eventuais pendências fiscais, seja por meio do pagamento de impostos em atraso ou pela regularização de documentação pendente.

Em caso de dúvidas ou dificuldades no processo de retorno ao Simples Nacional, a Expansion Contabilidade está à disposição para ajudar e orientar a sua empresa em todas as etapas.

Prazos e documentos necessários para voltar ao Simples Nacional

Se você deseja voltar ao Simples Nacional, é importante ficar atento aos prazos e documentos necessários para fazer essa transição de forma adequada. Afinal, qualquer atraso ou falta de informação pode atrasar todo o processo e gerar complicações desnecessárias.

Em relação aos prazos, é importante destacar que o pedido de enquadramento no Simples Nacional deve ser feito até o último dia útil de janeiro de cada ano-calendário. Além disso, é necessário que a empresa esteja em dia com suas obrigações fiscais e tributárias – caso contrário, a solicitação não será aceita.

Quanto aos documentos necessários, é preciso realizar o preenchimento do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), que pode ser acessado por meio do portal do Simples Nacional ou do e-CAC da Receita Federal. Também é necessário regularizar quaisquer pendências no âmbito fiscal, como eventuais débitos em aberto ou problemas com a documentação da empresa.

Caso você tenha dificuldades para reunir todos os documentos necessários ou não saiba como proceder para regularizar sua situação tributária, pode contar com o apoio dos nossos especialistas da Expansion Contabilidade. Estamos à disposição para ajudar em todas as etapas do processo de retorno ao Simples Nacional, oferecendo suporte de qualidade e orientação adequada.

Benefícios fiscais do Simples Nacional

A opção pelo Simples Nacional oferece diversas vantagens fiscais às empresas, tornando-se uma escolha vantajosa para a maioria dos negócios.

Um dos principais benefícios é a simplificação do pagamento de impostos. Com a opção pelo Simples Nacional, é possível realizar o pagamento de vários tributos em uma única guia, o que reduz a burocracia e facilita a gestão financeira da empresa.

Além disso, a carga tributária é reduzida, o que garante uma economia financeira significativa, especialmente para empresas com menor faturamento anual.

A unificação de obrigações tributárias é outro benefício a ser destacado, pois reduz a necessidade de lidar com diferentes regulamentações e declarações fiscais, garantindo maior eficiência operacional.

E como cada real economizado é um ponto importante para o sucesso dos negócios, é uma boa escolha contar com o Simples Nacional para ter mais benefícios fiscais.

Como Voltar Para O Simples Nacional - Expansion Assessoria & Consultoria Contábil

“O Simples Nacional é uma alternativa interessante para empreendedores que buscam mais simplicidade e eficiência nos processos fiscais”

Como a Expansion Contabilidade pode ajudar

Aqui na Expansion Contabilidade, temos uma equipe especializada em serviços contábeis e tributários, pronta para ajudar sua empresa em todas as etapas do processo de retorno ao Simples Nacional.

Oferecemos orientação adequada para cumprir as exigências legais, auxiliamos no preenchimento dos formulários necessários e acompanhamos o processo de regularização fiscal para a adesão ao regime.

Além disso, garantimos um atendimento personalizado e diferenciado, com soluções sob medida para as necessidades específicas de cada empresa.

Entre em contato conosco e saiba mais sobre como podemos ajudá-lo a aproveitar todas as vantagens do Simples Nacional de forma simples, fácil e segura.

Cálculo do Simples Nacional

cálculo do Simples Nacional é feito levando em consideração a receita bruta acumulada nos últimos doze meses e as alíquotas progressivas estabelecidas para cada faixa de faturamento.

Para empresas com faturamento de até R$ 180.000,00, a alíquota é fixa e varia de acordo com as atividades desenvolvidas. Já para as empresas com faturamento acima desse valor, a alíquota é calculada com base em uma tabela progressiva que pode variar de 4% a 33%, de acordo com a faixa de faturamento.

É importante destacar que, além da receita bruta, o cálculo do Simples Nacional também leva em consideração o valor das deduções permitidas por lei e o número de funcionários registrados pela empresa. Por isso, é fundamental contar com assessoria contábil especializada na hora de realizar esse cálculo.

E-BOOK GRÁTIS

Opção pelo Simples Nacional

Para optar pelo Simples Nacional, a empresa precisa atender aos requisitos exigidos pela legislação. Entre eles, está o faturamento anual máximo permitido, que varia de acordo com o ramo de atividades exercido. Além disso, a organização não pode possuir pendências fiscais ou tributárias com os órgãos competentes.

Ao optar pelo Simples Nacional, a empresa garante o pagamento simplificado dos impostos e contribuições, além de unificar todas as obrigações tributárias em uma só guia, o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Assim, a burocracia é reduzida e o negócio pode se concentrar em outras áreas importantes do empreendimento.

Para solicitar a opção pelo Simples Nacional, a empresa deve acessar o Portal do Simples Nacional, por meio do site da Receita Federal, e preencher o formulário eletrônico.

Requisitos para a opção

De acordo com a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, a empresa que optar pelo Simples Nacional precisa:

  • Ter faturamento anual dentro do limite estabelecido;
  • Não possuir pendências fiscais ou tributárias com os órgãos competentes;
  • Não ter sócios ou administradores estrangeiros;
  • Não exercer atividades vedadas ao Simples Nacional.

É importante lembrar que, caso a empresa venha a descumprir algum dos requisitos exigidos, ela poderá perder o direito de optar pelo Simples Nacional e ainda sofrer sanções fiscais e tributárias.

Prazos para a opção

O prazo para a opção pelo Simples Nacional varia de acordo com a natureza jurídica da empresa. As organizações que estão iniciando suas atividades têm até 180 dias, contados a partir da data de abertura do CNPJ, para realizarem a opção. Já as empresas que já estão em atividade devem fazer a solicitação até o último dia útil do mês de janeiro de cada ano.

A opção pelo Simples Nacional pode trazer uma série de benefícios para a empresa, desde que sejam observados os requisitos legais e os prazos estabelecidos. Para garantir um processo tranquilo e sem complicações, é fundamental contar com a ajuda de uma contabilidade especializada, como a Expansion Contabilidade.

Reingresso ao Simples Nacional

Se a sua empresa já foi excluída do Simples Nacional devido a pendências fiscais, é possível solicitar o reingresso ao regime. Para isso, é necessário regularizar as dívidas e pendências fiscais junto à Receita Federal.

É importante destacar que o pedido de reingresso deve ser feito no prazo de até 30 dias contados a partir da data que a exclusão do Simples Nacional produziu efeito. Passado esse período, a empresa somente poderá retornar ao regime no início do próximo ano-calendário.

Para fazer o pedido de reingresso, a empresa deve acessar o Portal do Simples Nacional e seguir as orientações disponíveis na área de serviços.Segundo a Lei Complementar nº 123/2006, o pedido de reingresso é concedido automaticamente após a regularização das pendências fiscais. A empresa deve quitar os débitos, procurar uma unidade da Receita Federal ou regularizar a situação no portal e aguardar a confirmação do pedido de reingresso.

A Expansion Contabilidade oferece suporte especializado em questões fiscais, incluindo o processo de reingresso ao Simples Nacional. Entre em contato conosco para saber mais.

Conclusão

Finalmente, chegamos ao fim do nosso guia passo a passo de como voltar para o Simples Nacional. Esperamos ter esclarecido todas as suas dúvidas e ter mostrado a importância de contar com a ajuda da Expansion Contabilidade nesse processo.

Como vimos ao longo do guia, voltar para o Simples Nacional pode trazer inúmeras vantagens para a sua empresa, como a redução da carga tributária e a simplificação dos processos fiscais. No entanto, é fundamental atender aos requisitos necessários, seguir o procedimento correto e contar com a orientação adequada.

Aqui na Expansion Contabilidade, estamos prontos para ajudar a sua empresa a voltar para o Simples Nacional de forma fácil e segura. Com a nossa expertise e atendimento personalizado, cuidamos de todos os detalhes e garantimos que você esteja em conformidade com as exigências fiscais.

Não perca mais tempo e volte para o Simples Nacional com a ajuda da Expansion Contabilidade. Entre em contato conosco agora mesmo e descubra como podemos ajudar a sua empresa a crescer!

Como voltar para o Simples Nacional? Conte conosco!

Veja Também:

FAQ

Como faço para voltar ao Simples Nacional?

Para voltar ao Simples Nacional, você precisa cumprir alguns requisitos. Primeiro, verifique se seu faturamento anual não ultrapassa o limite estabelecido para o regime. Em seguida, certifique-se de estar em dia com suas obrigações fiscais. Por fim, é necessário fazer a opção pelo Simples Nacional e preencher os formulários pertinentes.

Quais são as vantagens de aderir ao Simples Nacional?

O Simples Nacional oferece diversas vantagens para as empresas. Entre elas, estão a redução da carga tributária, a simplificação dos processos fiscais e a unificação de obrigações tributárias. Além disso, o regime permite o pagamento de todos os impostos federais, estaduais e municipais em uma única guia, facilitando a gestão financeira.

Quais são os requisitos para voltar ao Simples Nacional?

Para voltar ao Simples Nacional, sua empresa precisa atender a alguns requisitos. É necessário que o faturamento anual não ultrapasse o limite estabelecido para o regime, que varia de acordo com a atividade econômica. Além disso, é importante que a empresa esteja em situação regular perante órgãos fiscalizadores e não possua débitos pendentes.

Qual é o procedimento para retornar ao Simples Nacional?

procedimento para retornar ao Simples Nacional consiste em fazer a opção pelo regime através do Portal do Simples Nacional. Além disso, é necessário preencher os formulários exigidos, como a Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS) e a Solicitação de Opção para o Simples Nacional (SIMEI).

Quais são os prazos e documentos necessários para voltar ao Simples Nacional?

Os prazos para voltar ao Simples Nacional variam de acordo com o tipo de enquadramento da empresa. É importante ficar atento aos prazos estabelecidos pela Receita Federal. Quanto aos documentos necessários, é preciso apresentar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI), a DEFIS e a certidão negativa de débitos.

Quais são os benefícios fiscais do Simples Nacional?

O Simples Nacional oferece diversos benefícios fiscais para as empresas. Além da redução da carga tributária, o regime simplifica o pagamento de impostos, unificando-os em uma única guia. Além disso, as empresas optantes pelo Simples Nacional têm menos obrigações acessórias e podem emitir notas fiscais de forma simplificada.

Como a Expansion Contabilidade pode ajudar no retorno ao Simples Nacional?

A Expansion Contabilidade pode oferecer suporte especializado para ajudar sua empresa no processo de retorno ao Simples Nacional. Com uma equipe de profissionais capacitados, podemos orientar sobre os requisitos necessários, auxiliar no preenchimento de formulários e garantir que todos os prazos sejam cumpridos de forma adequada.

Como é feito o cálculo do Simples Nacional?

cálculo do Simples Nacional é realizado levando em consideração as alíquotas progressivas estabelecidas pela legislação. Basicamente, quanto maior for a receita bruta da empresa, maior será a alíquota de impostos. No entanto, é importante verificar as particularidades de cada atividade econômica, pois algumas possuem alíquotas diferenciadas.

Como funciona a opção pelo Simples Nacional?

A opção pelo Simples Nacional deve ser feita através do Portal do Simples Nacional, respeitando os prazos estabelecidos pela Receita Federal. A empresa deve fazer a opção no início do ano-calendário ou no momento de sua abertura. É importante estar atento aos requisitos e documentações necessárias para realizar a opção de forma correta.

É possível reingressar ao Simples Nacional?

Sim, é possível realizar o reingresso ao Simples Nacional para empresas que tenham sido excluídas do regime anteriormente, devido a pendências fiscais. Nesses casos, é necessário regularizar as pendências e realizar uma nova opção pelo regime, seguindo os procedimentos estabelecidos pela Receita Federal.

Classifique nosso post

Deixe um comentário

Recomendado só para você
Desvendamos se o Lucro Presumido é sempre ruim para seu…
Cresta Posts Box by CP
Modelo 1 Irpf 2024 - Expansion Assessoria & Consultoria Contábil